Arquivo da categoria: Dicas

Samosas e Outros Salgados Indianos

Conheça Mais Sobre Samosas e Outros Salgados Indianos

A Samosa é um pastel frito, que é recheado com batatas, as lentilhas, a couve-flor,  nozes, ervilhas, o pinhão,  e com um tempero bem picante e característico.

O seu tamanho e consistência variam muito, mas normalmente ele possui um formato triangular. As Samosas surgiram no oriente médio um pouco antes do século X, e mais tarde um pouco foram introduzidas na Índia bem na época do Sultanato de Delhi (entre 1206 a 1526) quando os cozinheiros árabes, tiveram que se migrar para trabalhar em cozinhas do Sultão e também da nobreza.

As samosas indianas surgiram no estado de Uttar Pradesh, que fica no norte da Índia, elas são vegetarianas e quase que sempre são acompanhadas de um chutney ou uma raita, ou então ambos. A samosa, hoje em dia, é um aperitivo mundialmente conhecido.

 

A Índia é o país que tem a maior taxa de vegetarianismo no mundo inteiro (cerca de 20-40% da população); a religião hindu tem muita influência em relação a isso.

Tem muita variação entre as muitas comunidades da Índia – o vegetarianismo é menos comum entre os estados do litoral, no nordeste, e também entre os muçulmanos de todo o país, além de ser mais comum entre os jains e os brâmanes, como exemplo.

Em todo o caso, quase todos os restaurantes do país têm as opções vegetarianas – e muitos dos restaurantes são só vegetarianos.

 

A vaca é sagrada na religião do hindu, então a carne de boi não é considerada muito comum na Índia – as carnes mais comuns encontradas lá são as de frango e a de cabra.

O peixe e o camarão também são muito populares, sobretudo em regiões litorâneas do país, como o Kerala, Goa, e a Bengala Ocidental.

A carne de porco não é muito comum na maioria das cidades da Índia – os hindus acham o porco um animal muito sujo e os muçulmanos também não comem.  Carne de boi é comum somente no estado de Kerala, e em alguns estados do nordeste, e também nas comunidades muçulmanas do país inteiro.

 

A bebida que os indianos preferem é o chá, que eles tomam com muito leite e açúcar, e tipicamente inclusive com especiarias como cardamomo e gengibre.

É servido em alguns copinhos pequenos por cerca de R$0,25 a 0,50; as vezes pode até parecer que existe um vendedor de chá em quase toda a esquina do país!

 

Veja abaixo uma receita de Samosa Indiana:

 

 

 

 

Temperos Frescos no Mercado Indiano

A Típica Comida Indiana

 

Alguns dos estrangeiros acham que toda a comida indiana é bem picante, e é verdade que tem muita comida picante na Índia, mas isso varia entre as diferentes regiões do país – a comida que é típica da cidade de Hyderabad geralmente, ela é muito picante, como por exemplo, enquanto a comida típica lá do estado de Gujarat é mais doce, com frequência utilizando um tipo de rapadura (jaggery) até em pratos de legumes.  Na maior parte do país, existe uma variedade de pratos picantes e também não picantes, mas quase todos eles são generosamente temperados – muito mais que a comida típica brasileira.  Mesmo os pratos indianos sem a pimenta geralmente são muito mais fortes por causa da quantidade e a intensidade dos outros temperos.

 

Os indianos comem sempre com a mão direita (e nunca a esquerda), geralmente eles utilizam pão (no norte) ou o arroz (no sul) como o “talher”.   A mão esquerda é mais utilizada para coisas “sujas” – então, ela nunca é usada para comer.

 

No norte, a pessoa costuma usar o polegar e os dedos da mão direita para poder separar um pedaço do pão, e depois usa esse (pedaço) de pão para poder pegar os pedaços de carne, os legumes, etc.  Os pães indianos são mais achatados – os mais comuns no norte são o roti, o chapati, naan, e paratha.  Nos restaurantes, é muito comum para todos que estão na mesa, dividirem toda a comida, cada um colocando um pouco de cada comida nos seus pratos para poder comer com os pães.

Conheça Mais Sobre a Maravilhosa Gastronomia Indiana

Gastronomia Indiana

Uma grande parte da Gastronomia Indiana toma a forma de um “curry”, como pedaços de carne, os legumes, as verduras, ou até outros alimentos temperados – tipicamente através em um molho temperado. (Na verdade, a palavra “curry” tem a originalidade que denominou o molho mesmo.) O “pó do curry” que se encontra lá no ocidente é uma criação bem recente que na verdade não é indiana, mas que realmente foi inspirada através das várias misturas de especiarias que são de forma comumente utilizados na Índia – a garam masala é a mistura mais famosa conhecida do norte, enquanto a mistura que é utilizada para preparar um condimento chamado sambar se destaca no sul.

Um Curry de Camarões – Gastronomia Indiana

 

Muito comum também é o chamado thali, que é um prato grande com várias tigelinhas pequenas e que neles são colocados os curries de legumes e as verduras, dal (lentilhas), o iogurte, os molhos, e mais.

Vem também com um monte de arroz bem no meio do prato; lá no norte do país, é bem comum ter pães também. O thali ele é muito popular na Índia pelo fato de oferecer uma variedade de comidas em um único prato, e que geralmente por um preço econômico.

Em alguns lugares, as porções deles são ilimitadas – assim que a pessoa chega até ao fundo de uma tigelinha, os garçons já vão até a mesa para encher de novo! Os thalis de Gujarat são muito famosos no país inteiro, mas também existe thalis no sul do país, em Rajasthan, e também em outras regiões.

As comidas que os indianos comem geralmente são muito temperadas, aproveitando da riqueza das especiarias e das ervas que se encontram no país.

Entre as especiarias indianas que são mais comuns estão: o açafrão, a assafétida, a canela, o cardamomo, o coentro, o cominho, o cravo, a cúrcuma, a erva-doce, o gergelim, a hortelã, o louro, o macis, a mostarda, noz-moscada, pimenta branca, pimenta preta, e o tulsi (que é um tipo de manjericão indiano).

O alho, gengibre, o coco, tamarindo, e os vários tipos de chilis também estão entre os temperos indianos mais predominantes.

Conheça mais sobre a Gastronomia Indiana: